Created with Snap

Notícias

Camarões: extremistas atacam duas aldeias no norte do país africano

Nenhum Comentário
Foto: pixabay.com

Foto: pixabay.com

Pela quarta vez em poucas semanas, o grupo radical Boko Haram atacou novamente vilarejos no norte de Camarões. Desta vez, os vilarejos atingidos foram Virkaza e Tchebechebe, no extremo norte. Militantes do Boko Haram da Nigéria cruzaram a fronteira para o Camarões e destruíram as duas aldeias na madrugada de sábado para domingo. A maioria dos moradores conseguiu fugir quando ouviram os primeiros tiros.

Um aldeão morreu queimado em sua cabana. Uma igreja também foi queimada, além de mais de cem casas. “Apenas duas casas não foram queimadas”, um sobrevivente contou à equipe da missão Portas Abertas em Camarões. O ataque se prolongou durante a madrugada, e depois os agressores se juntaram e voltaram para a Nigéria. O exército camaronês não fez nada além de dar alguns tiros de aviso de longe. Isso devido ao fato de os vilarejos serem de difícil acesso, principalmente à noite.

Um líder da igreja nas proximidades disse que o objetivo dos ataques é simplesmente “nos remover para ocupar a região. Nós temos apenas orado para que Deus tome o controle; isso é tudo que podemos fazer. As pessoas daqui ficaram sem nada; não deixaram uma casa em pé. Eu vi somente duas casas que eles não queimaram, o resto queimaram tudo. Eles levaram o dinheiro da igreja, que estava guardado em cofres”.

A realidade é esta: os moradores são deixados sem nada – sem comida, sem casa, sem segurança -, apesar de o governo dessas áreas afirmar que o exército está no controle dos territórios do Boko Haram.

Ore por uma solução, em especial, para as muitas famílias desses dois vilarejos. Peça a Deus para que as autoridades encontrem formas de ajudá-los. Interceda por uma solução final e realista para por fim a essa violência.

:: Site Portas Abertas | Adaptação Lagoinha.com