Created with Snap

Notícias

“Deus te chamou para representá-Lo; não para substituí-Lo”, advertiu Luiz Herminio

Nenhum Comentário
Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

Mais uma vez a presença do Espírito Santo acolheu e alinhou os corações dos milhares de conferencistas que participaram, na tarde deste sábado (27), da Conferência Profética do Clamor 2018, na Lagoinha sede, em Belo Horizonte (MG).

Caleb Edwards, da Casa Internacional de Oração (IHOPKC), liderou os momentos iniciais de adoração, cantando canções como “Quero Conhecer Jesus”, “Aleluia”, “Não Mais Escravos” e “Santo Espírito”. Já a Palavra foi ministrada pelo apóstolo Luiz Herminio, da Igreja Mevam, em Itajaí (SC). A pregação do apóstolo foi marcada por palavras de exortação e ministração de louvores, a exemplo de “Céu e Terra Se Encontram”, “Poderoso Deus Eterno” e “Ao único”.

Herminio iniciou a mensagem dando um recado para esta geração:  “Deus não investe em necessidade; Deus investe em propósito. Quando chega um homem ou uma mulher de propósito em um lugar de necessidade, a necessidade tem que acabar”.

Com base em Salmos 11.3, Herminio lembrou que precisamos voltar aos fundamentos do Senhor. “Tem coisas legais [legalizadas] que estão na nossa nação, mas que não são morais. Nós temos que voltar aos princípios morais de Deus, porque o fundamento do avivamento não está nas leis legais; estão nas leis morais”, disse.

Luiz Herminio [Foto: Comunicação Lagoinha]

Luiz Herminio [Foto: Comunicação Lagoinha]

O apóstolo também afirmou que precisamos respeitar os processos de Deus em nossa vida. “Morrer”, isto é matar o nosso eu, é um desses processos que todo cristão precisa passar. “Se você não chegar em alguns lugares ‘morto’, você vai acabar roubando a glória de Deus. (…) Deus te chamou para representá-Lo; não para substituí-Lo”, advertiu.

Outra questão à qual os cristãos devem se agarrar é compreender a vontade de Deus, para não se perderem no meio do processo. “O problema é que muitos correm atrás da provisão e não do propósito. No dia em que você tiver mais dinheiro do que propósito, você perderá a visão”, avisou.

Os tempos certos também devem ser observados e, para Herminio, os jovens devem primeiro “beber” da fonte daqueles que começaram a obra antes deles. “Se você é um jovem cheio do Espírito Santo, espere o tempo de Deus. No tempo certo você irá romper. (…) Não estou dizendo que Deus não quer te usar; estou dizendo o seguinte: respeite a unção dos mais velhos”, frisou.

Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

Conforme Herminio, Deus não tem problema com o pecado, porque essa é uma obra que Ele pode exterminar. “Mas Deus tem problema com o engano, porque é você quem escolhe viver no engano. Por isso, do Egito, Ele pode te tirar, mas, da Babilônia, você é quem tem que sair”, prosseguiu.

Ao fim da mensagem, o apóstolo exortou as igrejas que têm usado das ferramentas do coaching. “Tire a autoajuda dos púlpitos e use a ajuda do Alto. (…) Se você estudou para ser coach, use isso na sua empresa. O púlpito é bíblico, porque ‘não me envergonho do evangelho, pois é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê’ [Romanos 1.16]. (…) Tire do púlpito frases de efeito e traga de volta a profecia”, ressaltou. “Volte à ideia original de Deus. Não mexa nos fundamentos, nos princípios, mesmo que você seja um justo”, encerrou.

• Veja como foi a Conferência Profética do Clamor 2018 da tarde de sábado (27):

 

:: Thais Oliveira