Created with Snap

Notícias

Lagoinha BH irá sediar evento em celebração pelos 70 anos da independência de Israel

Nenhum Comentário

IsraelEm agosto, a Lagoinha sede, em Belo Horizonte (MG), receberá um importante evento. Nos dias 8 e 9, a igreja sediará a Celebração pelos 70 anos da criação do Estado de Israel, que obteve a sua independência em 1948. Judeus e cristãos estarão unidos, em ação e oração pelo território israelense e o Brasil.

Com realização da Comunidade Internacional Brasil & Israel, a festa conta com apoio e participação de acadêmicos, religiosos israelenses, de importantes líderes políticos e pastores norte-americanos, brasileiros e de outras nacionalidades. Confira o perfil dos convidados abaixo. O pastor Márcio Valadão será o anfitrião do evento.

A programação também contará com um grande espetáculo de músicas e danças israelenses. A culinária típica também poderá ser experimentada pelo público, como o prato falafel, que será oferecido nas tendas da comunidade judaica no local.

Para mais informações e compra dos ingressos, acesse o site do evento. Membros da Igreja Batista da Lagoinha poderão garantir o convite com um desconto especial.

Serviço

Data: 8 e 9 de Agosto (ingresso único)
Local: Templo Igreja Batista da Lagoinha
Endereço: Rua Manoel Macedo, 360, São Cristóvão – BH/MG
Horário: Dia 8, das 19h às 22h, e dia 9, das 15h às 22h, incluindo intervalo.
Abertura dos portões: 17h no dia 08/08, e 13h no dia 09/08

Palestrantes

ROBERT ILATOV – Nascido em 1971 no Uzbequistão, imigrou para Israel em 1985. Em 2006 foi eleito como parlamentar da Knesset servindo em vários comitês relacionados com imigração, absorção e ciência e tecnologia. Hoje ele é o presidente do Comitê dos Aliados Cristãos, e do Lobby para a Renovação dos Laços com os Descendentes dos Judeus Portugueses e Espanhóis. Ele é o criador do Evento Café da Manhã de oração por Jerusalém, que reuniu no início de Junho desde ano, em Jerusalém, 650 participantes de 68 países para orarem pela paz de Jerusalém.

CHAIM SILBERSTEIN – Nascido na Africa do Sul em 1960, emigrou para Israel em 1980. Graduado pela Universidade Hebraica de Jerusalém – MBA. Pós-Graduação pela Beit El Yeshiva Estudos Judaicos. Tornou-se médico de Combate do Exército de Israel. Hoje o Sr. Silberstein é presidente da Im-Eshkachech. Manter Jerusalém Unida, é uma organização voltada à diplomacia pública e advocacia da manutenção da cidade santa de Jerusalém unida. O Sr. Silberstein irá explicar porque a Cidade de Jerusalém não pode ser dividida para dar lugar a uma capital de um eventual estado palestino além de mostrar a situação dos locais sagrados de Jerusalém, e o relacionamento das diversas comunidades cristãs, judaicas e muçulmanas na Cidade.

MICHELE BACHMAN – Membro do Partido Republicano dos Estados Unidos, foi deputada federal pelo Estado de Minnesota até 2015 além de ter sido candidata pela nomeação do partido à presidência dos Estados Unidos nas eleições de 2012. Ela é muito ativa em sua congregação Batista e junto com seu marido ela mantém uma clinica de psicologia de aconselhamento cristão. Eles têm cinco filhos, mas cuidaram e receberam em sua casa mais de 23 adolescentes necessitadas.

MARIO BRAMNICK – Nasceu em Cuba, mas imigrou cedo com a família para os Estados Unidos. Além de pastorear e Igreja New Wine Ministries, na Flórida, ele é presidente do ministério Coalizão de Latinos por Israel, trabalhando para combater a ascensão global do antissemitismo e aumentar a conscientização sobre o papel de Israel no cenário profético mundial. Bramnick fez parte do Conselho Consultivo Hispânico durante a campanha de Donald Trump. Regularmente participa de eventos na Casa Branca, atuando também como um dos conselheiros espirituais do presidente. Parte de seu ministério é junto à comunidade judaica e com líderes cristãos pró-Israel, realizando eventos de cunho espiritual e político. Tendo trabalhado com David Friedman, embaixador dos EUA em Israel e Jason Greenblatt, representante especial para Negociações Internacionais, o pastor envolveu-se com o movimento de mudança das embaixadas dos EUA e da Guatemala para Jerusalém.

:: Adaptação Lagoinha.com