Created with Snap

Notícias

Lagoinha realiza batismo de cinco pessoas no Japão, país considerado um dos menos evangelizados do mundo

Nenhum Comentário

“Eu lhes digo que, da mesma forma, haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não precisam arrepender-se” (Lucas 15.7). Se Jesus declarou que o céu se alegra quando um só pecador se arrepende, tente imaginar a festa que foi feita lá quando cinco pessoas firmaram e declararam o compromisso com Deus, evidenciando o arrependimento! Foi justamente isso que aconteceu na Lagoinha no Japão, no primeiro dia deste mês, quando houve o batismo de cinco membros da igreja.

Foto: Lagoinha Japão

Foto: Lagoinha Japão

A alegria, contudo, não se conteve no céu. Na “terra do sol nascente”, como o Japão é também conhecido, o sorriso tomou conta da face dos batizandos e de todos que puderam acompanhar esse momento. “Ficamos muito felizes! Glória ao nosso Senhor, porque tudo vem dEle”, diz a pastora Thalita Sato, líder da igreja japonesa, junto ao marido, o pastor Luiz Sato. Ela conta que o primeiro batismo foi de uma irmã grávida. “Ela tinha feito um propósito com Deus de que iria batizar depois de engravidar, e assim aconteceu. Ela já estava literalmente para ganhar o bebê, faltando alguns dias mesmo para o parto. Por isso foi tudo feito com muito cuidado”, relata.

O segundo batismo foi de outras quatro pessoas e foi realizado em um rio. “Todos declararam a sua fé publicamente e sem olhar para trás. Eles nasceram de novo! Estamos muito felizes, porque um deles é japonês, e para nós essa é uma vitória muito grande”, destaca a pastora. Segundo Thalita, esse irmão japonês testemunhou que, após o batismo, começou a se sentir muito feliz. “Ele conversou com o pastor Luiz e disse que, na cabeça dele, aquela era apenas uma água qualquer, mas, quando emergiu, sentiu que o tempo parou. Ele disse que foi como se um filme tivesse passado pela cabeça dele, pois tudo o que tinha vivido passou ali, naquele instante. Ele falou que tudo o que conseguia ouvir eram ruídos, mas que, naquela hora, sabia que todo o passado dele já não importava mais. Naquele dia, ele disse o quão era bom ter aquela sensação de estar leve, que algo tinha mudado dentro dele”, conta Thalita.

Foto: Lagoinha Japãp

Foto: Lagoinha Japão

Conforme a pastora, as irmãs que se batizaram também deram depoimentos sobre a mudança que sentiram dentro delas. “Quando estávamos fazendo os estudos [para o batismo], uma delas disse que, só pelo fato de ter tomado a decisão de se batizar, algo nela estava diferente. Essa irmã pôde entender melhor o trabalhar do Espírito Santo”, compartilha Thalita. “Amamos esse país e queremos ver todos os japoneses rendidos ao Eterno”, acrescenta ela.

Considerado um dos países menos evangelizados do mundo, o Japão tem o número de ateus e de adeptos ao sincretismo religioso muito alto. No entanto notícias como essas vindas da nossa igreja japonesa têm trazido esperança de uma vida diferente para esse povo. “Coisas maravilhosas têm acontecido com os nossos irmãos! Muitas experiências eles têm vivenciado! E só o Espírito Santo pode nos dar essas experiências e intimidade!”, afirma a pastora. “E esse é o nosso desejo: que todos conheçam Jesus, não só de ouvir falar, mas de andar lado a lado com Ele. Que todos vivam os planos e propósitos que Ele tem para a vida de cada um, e que juntos possamos ganhar essa nação!”, profetiza Thalita. Assim seja para a glória de Deus!

Acompanhe a Lagoinha no Japão nas redes sociais:

• Facebook: Igreja Batista da Lagoinha Japão
• Instagram: @lagoinhajapan

Saiba mais sobre o ministério Lagoinha Nations: (31) 98793-1570 – Pr. Leo Capochim.

:: Thais Oliveira [Comunicação Regional Nations]