Created with Snap

Notícias

Ore pela Etiópia: 28º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2019

Nenhum Comentário
Foto: Portas Abertas

Foto: Portas Abertas

A Etiópia é um dos países mais antigos da África. É também um dos primeiros a aceitar e adotar o cristianismo como religião oficial. Nas últimas décadas, várias denominações cristãs surgiram, fazendo com que a Igreja Ortodoxa Etíope (EOC) perdesse a posição exclusiva (e, portanto, o privilégio em sua relação com o governo e a sociedade) de única denominação cristã no país. A nova administração sob a liderança do Dr. Abiy Ahmed pode ajudar a neutralizar alguns problemas que os cristãos protestantes enfrentam, principalmente por causa da EOC.

O período de relatório da Lista Mundial da Perseguição 2019 (1 de novembro de 2017 a 31 de outubro de 2018), foi provavelmente um dos mais difíceis para os cristãos da Etiópia. Apesar do fato de um cristão evangélico ser agora o primeiro-ministro e de haver esperança de mudança no país, muitos cristãos foram atacados por grupos islâmicos por causa da fé. Na região somali de Ogaden, um dos nove estados do país, mais de 20 cristãos foram mortos em agosto de 2018, enquanto muitas igrejas foram saqueadas e queimadas, sendo totalmente destruídas.

Notas sobre a situação atual

Os cristãos na Etiópia enfrentam uma série de desafios:

  • O governo restringe a posse de estações de radiodifusão e outros meios para pregar o evangelho. Espera-se que o novo primeiro-ministro melhore essa situação.
  • Nas áreas dominadas pelos ortodoxos e nas áreas dominadas pelos muçulmanos, os convertidos enfrentam perseguição da família e comunidade.
  • Os evangélicos e os pentecostais enfrentam uma oposição séria onde quer que estejam pregando.

Pedidos de oração

  • Geralmente os cristãos são hostilizados por não participarem dos rituais das religiões tradicionais da comunidade. Clame para que eles fiquem firmes e não sejam dominados pelo medo.
  • Ore pelo governo do novo primeiro-ministro Abiy Ahmed, que é cristão, para que tenha sabedoria e coragem necessárias para trazer mudanças ao país.
  • Interceda pela vida dos parceiros da Portas Abertas, que sempre viajam para áreas remotas e perigosas. Ore por sabedoria nos contatos com as igrejas locais e para que sejam sempre um encorajamento para o corpo de Cristo.

Tipo de Perseguição: Opressão islâmica; protecionismo denominacional; paranoia ditatorial e antagonismo étnico
Capital: Adis Abeba
Região: Chifre da África
Líder: Sahle-Work Zewde
Governo: República parlamentarista
Religião: Cristianismo ortodoxo e islamismo
Idioma: Amharic, oromo, tigrinya, somali
Pontuação: 65
População: 107,5 milhões
População cristã: 64 milhões

:: Portas Abertas