Created with Snap

Notícias

Ore pelo Mali: 37º país na Lista Mundial da Perseguição 2018

Nenhum Comentário
Foto: Site Portas Abetas

Foto: Site Portas Abetas

O Mali era um país relativamente tolerante para os cristãos, devido ao maior registro de liberdades democráticas e civis em comparação com outros países de maioria muçulmana da região. No entanto a guerra civil e a oportunidade que ela proporcionou para radicais islâmicos mudaram a situação e apresentam um sério risco e desafio para os cristãos. Grupos islâmicos extremistas ainda estão ativos, especialmente na parte Norte do Mali. Esses grupos – particularmente a Al-Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) – são visados pelas forças de paz da Organização das Nações Unidas (ONU).

O Conselho de Segurança da ONU aumentou o número de tropas de manutenção da paz no país e também expandiu seu mandato para permitir que elas tomassem ações militares mais robustas contra os grupos radicais. A situação no Mali ainda é frágil e levará vários anos antes de haver paz e estabilidade no país. O papel da Missão de Estabilização Integrada Multidimensional das Nações Unidas no Mali é de suma importância para isso.

Pedidos de oração:

• Ore para que a igreja maliana cresça no conhecimento, no ensino dos apóstolos e na sã doutrina cristã, e que não se deixe levar por ventos de práticas pagãs;

• Peça por proteção e perseverança na fé aos cristãos que vivem nas regiões do norte (predominantemente muçulmanas) e aos que são perseguidos no sul do país;

• Agradeça a Deus pelas mudanças políticas que têm sido feitas e peça que mudanças ainda maiores sejam executadas a fim de buscar a justiça e a igualdade para todos.

República do Mali

Fonte de Perseguição: Opressão islâmica
Capital: Bamako
Região: África Subsaariana
Líder: Ibrahim Boubacar Keita
Governo: República semipresidencialista
Religião: Islamismo, budismo, taoísmo e outras minorias
Idioma: Francês, bambara, berber, árabe
Pontuação: 59
População: 18.6 milhões
População cristã: 413.0 mil

:: Site Portas Abertas