Created with Snap

Notícias

Ore pelo Tajiquistão: 29º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2019

Nenhum Comentário
Foto: Portas Abertas

Foto: Portas Abertas

O Tajiquistão continua a depender da Rússia, tanto do ponto de vista econômico como militar. Sem assistência russa, o Tajiquistão é vulnerável às invasões do Afeganistão. Se não houvesse a opção de se mudar para a Rússia como trabalhadores migrantes, muitas famílias tajiques teriam pouquíssimo dinheiro para viver.

Como em outros países da Ásia Central, o governo do Tajiquistão assume cada vez mais um caráter ditatorial. Toda oposição política de verdade foi banida e o presidente conseguiu estabelecer algo como uma dinastia.

O governo tajique, sob o presidente Emomali Rahmon, aumentou o nível de vigilância das comunidades religiosas e estreitou a liberdade religiosa pela legislação. Por isso, o número de incidentes violentos aumentou bastante.

Notas sobre a situação atual

  •  A partir de 2011, o Tajiquistão começou a introduzir grandes restrições à liberdade de religião. Em agosto de 2011, foi implementada uma nova lei que proíbe as pessoas com menos de 18 anos de participarem de atividades religiosas públicas. Esse é um grande problema para as igrejas, já que mais de 50% de todos os cristãos estão nessa categoria. Outra lei, que data de julho de 2012, proíbe os cidadãos tajiques de irem para o exterior para receber educação religiosa, pregar, ensinar ou estabelecer vínculos com organizações religiosas estrangeiras.
  • Em janeiro de 2016, a Constituição do país foi alterada para que o presidente Emomali Rahmon pudesse estabelecer uma dinastia presidencial. Assim, Rahmon, um ex-chefe de fazendas cooperativas, de 64 anos, que governa o Tajiquistão desde 1992, poderia se candidatar à reeleição por um período indeterminado.
  • Durante o ano de 2015, a polícia do Tajiquistão raspou as barbas de quase 13 mil homens, fechou mais de 160 lojas que vendiam utensílios muçulmanos tradicionais e convenceu mais de 1.700 mulheres a parar de usar cachecol na tentativa de lutar contra “influências estrangeiras”.

Pedidos de oração

  • A perseguição, estresse e problemas no dia a dia dos cristãos está aumentando. Ore por sabedoria para saberem lidar com essa crescente pressão e permanecerem firmes na fé.
  • O regime põe muita pressão em grupos “desviados”, como os cristãos. Ao estreitar ainda mais as leis já existentes, o governo pressiona a minoria cristã. Clame para que essa pressão diminua e para que o país seja mais aberto ao cristianismo.
  • Os cristãos são vistos como extremistas por praticar uma religião fora das estruturas sancionadas pelo Estado. Interceda para que essa visão deturpada do cristianismo mude.

Tipo de Perseguição: Paranoia ditatorial e opressão islâmica
Capital: Dushanbe
Região: Ásia Central
Líder: Emomali Rahmon
Governo: República presidencialista
Religião: Islamismo
Idioma:Tajique, uzbeque, quirguiz e russo
Pontuação: 65
População: 9,1 milhões
População cristã: 61,7 mil

:: Portas Abertas