Created with Snap

Notícias

Primeiro culto da Lagoinha Berlin foi marcado por casamento entre uma brasileira e um alemão

Nenhum Comentário
Foto: Lagoinha Berlin

Foto: Lagoinha Berlin

O primeiro culto da Lagoinha Berlin, na Alemanha, não poderia ter sido mais especial! É que um casal formado por uma brasileira e um alemão decidiu trocas alianças na solenidade inaugural da igreja, realizada no último dia 2 de junho. A celebração foi feita pelo pastor Jean Carlos, da Lagoinha Porto (Portugal).

A pastora Santana Michaelis, líder da Lagoinha Berlin, conta que a igreja é a realização de um sonho que o Senhor havia lhe revelado há algum tempo. “Vivo na Alemanha há mais de 27 anos. Vim de uma família cristã, mas só me converti após três anos em que estava morando em Berlin. Trabalhei sete anos em uma igreja. Depois, participei de um grupo de oração com brasileiras. Nesse meio tempo, fui ungida ao ministério pastoral. Fiquei um tempo orando ao Senhor aguardando por uma direção. Até que tive um sonho, no qual aparecia uma placa com quatro letras: IBLA. Algumas semanas depois, com a ajuda do meu cunhado, entendi que as letras significavam ‘Igreja Batista da Lagoinha Alemanha’”, conta.

Foto: Lagoinha Berlin

Foto: Lagoinha Berlin

A concretização do trabalho na nação alemã veio meses depois, após Santana iniciar um contato com os pastores Jean Carlos e Katy Assis, da Lagoinha Porto. A obra começou em abril do ano passado por meio de GCs, até encontrarem um local adequado para estabelecer a igreja. “Ao todo, temos 20 crianças conosco. Cremos que elas são o futuro da igreja. Por isso estávamos buscando por um espaço onde pudéssemos atender também às crianças, o que aconteceu agora, quando uma igreja resolveu ir para outro lugar. Graças ao Senhor, conseguimos o local mais visado em Berlin, bem no centro”, explica a pastora. “Estamos muito felizes. A inauguração foi marcante, porque cremos que o casamento realizado nesse primeiro culto foi um ato profético, uma dupla aliança com o Senhor. O pastor Jean fez uma cerimônia linda. O noivo e sua mãe ficaram impactados com a presença de Deus. Foi sobrenatural”, compartilha ela.

Santana explica que, apesar da Alemanha ser o berço da Reforma Protestante, a maioria da população mantém uma relação distante do Evangelho. “Há mais católicos do que protestantes. E há igrejas que se declaram cristãs, mas que são totalmente liberais, que realizam, inclusive, cerimônia de casamento entre homossexuais. Há, ainda, mais de 15 cidades na Alemanha que não possuem igreja cristã. Hoje, o que existe são pequenos grupos protestantes”, relata. Essa realidade, porém, não assusta o pessoal da Lagoinha Berlin. Ao contrário, a igreja projeta marcar a nação com o anúncio da Palavra de Deus. “Queremos fazer a diferença no meio dos nativos. Queremos trazer os alemães para Jesus. Nossa meta é sermos sal e luz. A Lagoinha chegou para dar frutos, em nome de Jesus!”, profetiza a pastora.

Local: Friedenskirche EFG / Berlin-Charlottenburg
Rua: Bismarckstr, 40
CEP: 10627 Berlin
Informações: +49 173 849 1713 (pastora Santana Michaelis).

Acompanhe a página no Facebook da Lagoinha Berlin.

:: Thais Oliveira [Comunicação Regional Nations]