Created with Snap

Vida Cristã

A morte dos santos

Nenhum Comentário

SALMO 116.1-15

Preciosa é aos olhos do Senhor a morte dos seus santos. (Sl 116.15.)
Houve um velho pastor que pregava ao ar livre na Praça da Estação,
em Belo Horizonte. Era o “pastor da igreja sem-teto”, como ele mesmo
costumava se chamar. Foi ? el ao chamado do Mestre como evangelista e
ganhador de almas. Inspirava os jovens chamados ao ministério da Palavra
a praticarem seus primeiros sermões no “púlpito” de sua igreja, isto é, ao ar
livre na praça.

Seus profundos olhos azuis e os cabelos bem branquinhos lhe davam um
aspecto angelical, especialmente quando pregava. Muitas vidas foram salvas
e fortalecidas na fé através de suas palavras ? rmes e vibrantes de entusiasmo.
Os anos que velozes passavam não o abateram nem diminuíram o seu fervor.
Até o lindo dia em que, ajoelhado em oração, junto ao leito, como fazia todos
os dias, o Senhor veio buscá-lo. Estava pronto. Aguardava com alegria o
doce dia de ver face a face o Mestre a quem amara durante toda a vida.
Como é maravilhoso viver para o Senhor!

Nós conhecemos uma pessoa não apenas pela sua aparência, pois esta
pode enganar com máscaras e hipocrisia. Alguém pode estar sorrindo, mesmo
quando o coração está chorando de tristeza. As pessoas podem aparentar
algo que não corresponde à realidade interior ou espiritual. Mas certamente
podemos conhecer os homens e mulheres de Deus pela sua morte.

É maravilhoso saber que Deus escolheu e chamou a todos. Ele não faz
acepção de pessoas. Ele quer salvar a todos. Só é preciso arrepender-se e receber
o presente de Deus – Jesus – como Senhor e Salvador. E assim, vivendo
para a sua glória, poderemos partir para a eternidade na qualidade de santo
de Deus, e em paz!

Pai de amor, muito obrigado por essa grande salvação! Que
cada coração sedento que se chegar ao teu trono nesta
hora seja saciado com tuas bênçãos maravilhosas. Amém.

Pra. Ângela Valadão

 

 
Tags