Created with Snap

Vida Cristã

A respeito da justiça

Nenhum Comentário

Leia: João 16.8,10

Se pecado é a falha que as pessoas sentem mas não podem admitir sem a ajuda do Espírito, a justiça é o padrão pelo qual as pessoas reconhecem sua falha. O mais alto padrão não é uma lei escrita, mas a vontade de Deus revelada em seu Filho, que foi justo e satisfez a seu Pai plenamente, tendo sido aceito por Ele em seu retorno ao céu. O fato de Jesus ter sido exaltado à mão direita do Pai mostra que Ele é o “varão aprovado por Deus”. Como podem as pessoas ser convencidas de que devem ser justas pela fé em Cristo? Por natureza, as pessoas procuram refúgio em seus próprios atos bons, acreditando-se acima do mal.

O Espírito desfaz essa auto-justificação e convence as pessoas perdidas de que a verdadeira justiça é revelada em Cristo. O Espírito Santo usa o testemunho dos cristãos para convencer o mundo de que a verdadeira justiça não é algo que proclamamos a nosso respeito. Antes, ela é proclamada no céu, onde Cristo, nosso Salvador, está diante de nosso Pai e assegura nossa libertação por sua morte e ressurreição “o qual foi entregue por causa das nossas transgressões e ressuscitou por causa da nossa justificação.” (Romanos 4.25)

Pense:
Por que é tão difícil dizer: “Pequei! Perdoa-me!”?

Ore:
Senhor Jesus, louvamos-te pela perfeita justiça que asseguraste para nós por meio de tua morte e ressurreição. Que sejamos instrumentos para que outros sejam também aceitos por ti. Em Cristo, Amém.

Cada Dia
www.cadadia.com.br

 
Tags