Created with Snap

Vida Cristã

Carregue o seu tijolo

Nenhum Comentário
Foto: pexels.com

Foto: pexels.com

Não é de se espantar que qualquer cidadão brasileiro demonstra certo descontentamento quando interpelado sobre política. Alguns são terminantemente descrentes quanto aos resultados que a política pode produzir e, outros, já vislumbram tempos melhores para o país.

Entretanto, algo é uníssono nesta intercessão: há muito a ser feito. É preciso resgatar o que foi aparentemente perdido. É preciso estabelecer estratégias para minimizar os prejuízos advindos de obras paralisadas, a fim de que sejam concluídas.
O desafio não é simples e a missão carrega a decepção de milhões de pessoas.

Os desafios 

É preciso internalizar o olhar frustrado de cada brasileiro que não pode utilizar os serviços de saúde, por falta de um posto próximo à residência. É necessário buscar uma solução para que as crianças dos mais remotos cantos interioranos do país, que não conseguiram concluir seus estudos, tenham acesso a estradas seguras que as leve da fazenda onde moram para as escolas.

Para dimensionar o problema, mais da metade dos municípios de Minas Gerais possui alguma obra não finalizada. Existem obras da década de noventa que ainda aguardam uma finalização, segundo relatório do Tribunal de Contas da União (TCU). São R$ 3,4 bilhões utilizados sem quaisquer resultados efetivos na comunidade. Isto é, por toda Minas Gerais há espalhadas promessas de creches, postos de saúde, estradas, rede de esgoto, presídios, dentre outros, que um dia alimentaram o sonho por tempos melhores.

A reconstrução

A situação faz lembrar a história de Neemias, responsável pela reconstrução dos muros de Jerusalém. O contexto de sua cidade era catastrófico. Os sobreviventes do cativeiro sofriam grande humilhação e desprezo, e os muros da cidade haviam sido incendiados (Nm 1.3).

Neemias sentiu profunda dor, a ponto de o rei indagar-lhe se estava doente. Ele confessou sua tristeza pela realidade do seu povo e pediu que o deixasse retornar a Judá para que reedificasse sua cidade.

O Brasil precisa de novos muros. Reconstruir estradas, escola, hospitais é um dos muitos tijolos que precisam ser erguidos por aqui. Estou convicto de que o trabalho de reedificar o Brasil, em todas as suas dimensões, é sobremaneira desafiador. Requer caráter, disciplina e inspiração. É preciso muitos Neemias para alçarmos um país próspero e justo.
Eu quero ser um deles. E você?

:: Lucas Gonzalez

  ibl_site