Created with Snap

Vida Cristã

Confie e espere

Nenhum Comentário

Devocional

A entrada de um grão de areia numa ostra torna-se um incômodo terrível. Na tentativa de isolar aquele corpo estranho, o animal produz uma substância viscosa que envolve o grão. É assim que, por meio de muito sofrimento, surge uma pérola. A que se produz de outro modo é falsa.

Da mesma forma, há virtudes que só o sofrimento pode desenvolver. Situações negativas na vida dos filhos de Deus podem se converter em bênção. Os irmãos de José queriam eliminá-lo, mas suas ações acabaram ajudando-o a chegar ao governo do Egito (Gn 37.20-28; 45.5-8). Faraó mandou matar todos os meninos hebreus recém-nascidos (Ex 1.22), mas acabou sustentando o libertador Moisés e pagando a própria mãe para cuidar dele (Ex 2.9).

Satanás queria destruir Jó, mas o resultado de suas operações contribuiu para que ele conhecesse mais o Senhor e tivesse seu patrimônio dobrado (Jó 1.11; 42.10). Judas Iscariotes queria apenas ganhar um dinheiro extra (Mt 26.14-16), mas o seu ato de traição acabou contribuindo para a obra da cruz (1Co 1.18).

Judeus e romanos prenderam Paulo, mas tudo isso contribuiu para a divulgação do evangelho (Fp 1.12-14). Não devemos buscar nenhum mal para que se torne em bem, mas o que vier, sem que sejamos culpados, será convertido em coisas boas. Todavia, isto só acontecerá, se formos fiéis ao Senhor. Não se desespere. Confie e espere. “Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus” (Rm 8.28).

:: Pr. Anísio Renato de Andrade

  ibl_site