Created with Snap

Vida Cristã

Há esperança para os que clamam

Nenhum Comentário

DevocionalJuízes 14.1-11. Sansão teve dois encontros com o leão. No primeiro, houve luta. No segundo, o animal morto tornou-se uma fonte de mel contaminado. Engana-se quem pensa que um leão morto é inofensivo. A contaminação presente no cadáver pode matar. O episódio ilustra bem os encontros dos servos de Deus com o inimigo, que usa diferentes estratégias destruidoras. Os moabitas, por exemplo, sabendo que não conseguiriam vencer Israel nem na guerra nem por meio de maldições, convidaram o povo para suas festas, oferecendo comida e prostituição. Por causa desse pecado, morreram 24 mil israelitas.

Algo semelhante aconteceu na história de Sansão. Se o servo de Deus está faminto e carente, os filisteus oferecem casamento, festa, prostituição e um bom lugar para dormir. O inimigo ofereceu carinho, conforto e prazer, mas o preço foi muito alto. Sansão perdeu os cabelos, a força, a visão, a liberdade e a presença do Senhor. O juiz de Israel transformou-se em palhaço no templo de Dagom. Entretanto a Bíblia diz que o seu cabelo começou a crescer novamente. Existe esperança para aqueles que, mesmo havendo pecado, não foram mortos pelo adversário. Então, Sansão clamou ao Senhor. Ele não desistiu da luta, mas fez a sua oração. Deus respondeu imediatamente, fortalecendo o seu servo mais uma vez e garantindo a sua vitória sobre os filisteus.

:: Pr. Anísio Renato de Andrade

  dayanecristina