Created with Snap

Vida Cristã

José do Egito e a Reforma da Previdência: qual a relação entre ambos?

Nenhum Comentário

responsabilidade“A riqueza de procedência vã diminuirá, mas quem a ajunta com o próprio trabalho a aumentará” (Provérbios 13.11).

Há alguns dias relatei aqui sobre a história de José e seus ensinamentos. Entretanto existe um aspecto que gostaria de tornar em destaque: a previdência. José era um homem sábio e excelente administrador.

O filho de Jacó, antes vendido como escravo e prisioneiro por anos, agora se tornou governador do Egito e a segunda figura mais importante do país. Em consequência à visão de Deus, José decidiu economizar parte da colheita produzida, tendo em vista os próximos sete anos de fome, que se instauraria por toda a terra, e que o Egito alimentaria as demais nações.

José entendeu o recado de Deus e se posicionou a respeito. Você já parou para pensar nas semelhanças que essa história tem com a reforma da previdência? Sim, cuidar do presente para garantir o futuro.

O governador do Egito se responsabilizou pelo futuro de todas as nações da terra. José se posicionou a respeito da possível crise financeira que se instauraria no Egito e demais países do mundo. Nesse contexto, a primeira e maior pergunta que faço, todos os dias, é basicamente a seguinte: qual país deixaremos para as próximas gerações? Seremos como José e nos responsabilizaremos a respeito do futuro das próximas gerações, ou nos acomodaremos? Pensando nas finanças públicas, a perspectiva atual não só é negativa, como insustentável. Fazer as contas e agir com valentia, ainda que o remédio seja amargo, é uma boa ação preventiva.

:: Lucas Gonzalez

  dayanecristina