Created with Snap

Vida Cristã

O que será de nossos filhos?

Nenhum Comentário

NÚMEROS 14.20-38

Mas os vossos ? lhos, de que dizeis: Por presa serão, farei entrar nela; e
eles conhecerão a terra que vós desprezastes. (Nm 14.31.)

Na sua marcha pelo deserto, o povo de Israel foi rebelde e desobediente.
Quantas vezes reclamou, brigou com Moisés e rejeitou a orientação de Deus
para a vida deles! Disseram que Deus não poderia conduzi-los em segurança
por aquele deserto tão grande, e que suas crianças haveriam de ser presa
dos inimigos e fatalmente viriam a morrer ali. E Deus, com seu amor tão
maravilhoso e sua grande paciência, levou os ? lhos daquela geração sobre
suas asas como a águia. Nada lhes deixou faltar: seu alimento, o “maná”, era
produzido nos céus, com “selo de garantia de qualidade”. Sua água era fresca
e pura, tirada diretamente da Fonte – a Rocha que os seguia. O exército dos
anjos de Deus estava acampado ao redor do seu arraial.
Mas, será que aqueles pais rebeldes estavam realmente preocupados com
o futuro de seus ? lhos? Quando queriam voltar para o Egito, não se lembravam
da escravidão? Gostariam que seus ? lhos continuassem escravos de
Faraó, recebendo as chibatadas da injustiça? Quando reclamavam do maná,
desejando comidas gordurosas e pesadas, será que estavam pensando na saúde
dos ? lhos?

Como pais, é muito importante examinarmos nossas escolhas e ver a
conseqüência das mesmas no futuro dos nossos ? lhos. Deus oferece sua provisão
de bênçãos para os que se achegam à sombra de suas asas. É preciso
que façamos como as famílias que levavam os ? lhos a Jesus para que ele os
abençoasse. E o Senhor abençoava, e continua abençoando.
Pai, como é bom saber que tu és Pai, que nos amas e cuidas de
nós. Ajuda-nos a sermos bênçãos para os nossos ? lhos, dando
bom testemunho da nossa fé e fazendo as escolhas certas,
conforme a tua vontade. Amém.

Pra. Ângela Valadão

 
Tags