Created with Snap

Vida Cristã

O retorno à casa do Pai

Nenhum Comentário

 

Foto: pixabay

Foto: pixabay

No tempo da fome, os irmãos de José foram ao Egito comprar comida. José os tratou com rigor, pois eram culpados de tê-lo vendido. Apesar disso, ele supriu suas necessidades. Pagaram pelo trigo, sem reconhecer o irmão, e foram para casa. Um dia, a comida acabou e eles precisaram voltar.

Essa história ilustra muito bem o nosso relacionamento com Jesus. Nós o procuramos para receber uma bênção. Ele nos repreende por nossos pecados, mas nos abençoa e nós vamos embora sem reconhecê-lo. Imaginamos que ele seja apenas um provedor. Um dia, a necessidade nos traz de volta.

Pensamos que tudo se resolve com um pagamento, com o nosso sacrifício, nosso esforço e recursos próprios, mas descobrimos que somos dependentes da sua graça.

Na segunda visita, José se revelou aos seus irmãos, dando-lhes muito mais do que poderiam comprar com o dinheiro que levaram. Eles receberam, não apenas trigo, mas carros, animais, roupas e peças de prata. Além disso, José lhes deu um excelente lugar para morar. Ele não queria perdê-los mais. Embora não merecessem, José os amava. Além de receberem o suprimento da necessidade física, eles passaram a viver em sua presença.

No nosso relacionamento com Jesus, também precisamos, não apenas da bênção, mas do conhecimento da sua pessoa. Precisamos, não apenas que ele nos dê coisas materiais, mas que possamos viver em sua presença eternamente. Você já se encontrou com Jesus, mas foi embora? Volte. Ele te espera de braços abertos.

:: Pr. Anísio Renato de Andrade

  ibl_site