Created with Snap

Vida Cristã

Propósitos de Deus

Nenhum Comentário

Quando lemos um trecho bíblico, é bom que observemos as palavras que se repetem. Elas são elementos importantes para o entendimento do texto.

Observe a preposição “para” em Gênesis 1.14-18: “E disse Deus: haja luminares no firmamento do céu, PARA fazerem separação entre o dia e a noite; sejam eles PARA sinais e PARA estações, e PARA dias e anos; e sirvam de luminares no firmamento do céu, PARA alumiar a terra. E assim foi. Deus, pois, fez os dois grandes luminares: o luminar maior PARA governar o dia, e o luminar menor PARA governar a noite; fez também as estrelas. E Deus os pôs no firmamento do céu PARA alumiar a terra, PARA governar o dia e a noite, e PARA fazer separação entre a luz e as trevas. E viu Deus que isso era bom”.

A referida preposição coloca em destaque o propósito de Deus ao criar. Nada foi feito ao acaso. Esse aspecto encontra-se em todo o relato da criação, mas de forma mais clara neste ponto.  A existência de propósito nas coisas e nos seres é um grande golpe contra a teoria da evolução, pois demonstra uma inteligência e um planejamento anterior à existência de tudo o que existe na dimensão natural.

Observemos também estas duas partes: “Deus disse” (v.14) e “Deus fez” (v.16). Temos então o plano e a execução. O que Deus falou acontecerá. Estejamos confiantes, sabendo que em tudo Ele tem um maravilhoso propósito.

:: Pr. Anísio Renato de Andrade

  ibl_site