Created with Snap

Vida Cristã

Cristão e Política: queremos ser o espelho da Bolívia?

Nenhum Comentário

Bandeira BolíviaEsta semana, uma notícia alarmou a Igreja de Cristo da América Latina. Já em vias de ser aprovado, tramita no legislativo da Bolívia um novo Código de Sistema Prisional. Dentre diversos dispositivos claramente contrários aos princípios democráticos, destaca-se o artigo 88, parágrafo 12, que criminaliza o “recrutamento de pessoas para participação em organizações religiosas ou de culto”.

Em outras palavras, o país sob o comando de Evo Morales está prestes a colocar na cadeia qualquer pessoa que pregar o Evangelho ou convidar alguém a ir ao culto. Este mesmo código também prevê a autorização para o aborto e coíbe a liberdade de imprensa.

Os relatos dos que moram na Bolívia são ainda mais detalhados. Assim como temos no Brasil os Ministérios da Saúde e Educação, na Bolívia existe o Ministério da Religião. Este órgão não tem permitido a abertura de novos templos. Isto já é realidade no país.

Nossos irmãos bolivianos estão em oração e jejum pelo país e contam também com o apoio da Igreja de Cristo espalhada pelo mundo. Este é o triste retrato de uma política completamente afastada de valores bíblicos. Se a igreja não compreender sua responsabilidade em defender e disseminar tais valores em todas as esferas da sociedade, sempre haverá uma forte cultura contrária ao reino de Deus na nação.

Neste ano haverá eleições federais e estaduais no Brasil. Teremos a oportunidade de colocar pessoas comprometidas com a ética ou pessoas que usam o poder para defender bandeiras próprias.

Tenha certeza de que somos diretamente responsáveis pelos ideais daqueles que colocamos no poder. Infelizmente, existem muitos políticos brasileiros que, de um modo mais discreto ou não, estão sempre a criticar os cristãos e a rechaçar o nosso modo de vida e de enxergar o mundo.

Fique atento ao votar. Busque saber o que os candidatos pensam, quais são as pautas que defendem e, sobretudo, o histórico de vida de cada um. Hoje, a situação dos bolivianos é crítica. Não pense que nós, brasileiros, estamos imunes a isso. Evitar essa calamidade depende de nós. O voto é uma das armas que temos para defender nossa liberdade religiosa, nosso direito de professar Jesus Cristo como nosso único Senhor e Salvador.

Não se esqueça de orar pela Bolívia. Não se esqueça de orar pelo Brasil e de se informar politicamente. Assim, evitaremos que este vírus que vem corroendo nosso vizinho seja transmitido ao Brasil.

:: Flávia Raíssa Said  [Grupo de Ação Política]

  dayanecristina