Created with Snap

Vida Cristã

Salmo 1

Nenhum Comentário

Bem-aventurado – feliz – bem sucedido

A busca humana: 1o sobrevivência – 2o felicidade (razão das nossas decisões pequenas ou grandes).

O salmo apresenta dois tipos de pessoas: o justo e o ímpio. Dois caminhos para a felicidade (v1 e v2).
“Felicidade” imediata e felicidade eterna. Dois modos de vida.

V.1 – O conselho dos ímpios – (veneno) veículo das idéias do Diabo (sem generalizar). Examinai tudo.
Para o ímpio: felicidade = prazer. O resto é relativo.

– Exemplos – A serpente e eva (Gn.3) – A tentação de Jesus no deserto – (Mt.4)

– Fontes atuais – pessoas, meios de comunicação, ideologias subliminares em: novelas, filmes, músicas, desenhos.

– Não vamos sair do mundo (I Cor.5), mas filtrar o que recebemos.

– Conselhos lógicos. O que você deseja ouvir.

– O diabo usa quem ele pode – a mulher de Jó (2)- Pedro (Mt.16).

V.1 – Anda – detém – assenta. – Apostasia gradual – de conselhos (sugestões de “amigo”) a ordens (autoridade, domínio). Observe a progressão do mal: ímpio (estado interno), pecador (estado externo), escarnecedor (estado extremo de dureza contra a verdade).

V.2 – O antídoto – A lei do Senhor – O prazer imediato do justo. (A palavra de Deus indica o que Deus espera de nós). Temos a resposta para o diabo. – Está escrito!

Parte negativa e parte positiva do texto. O que não fazemos (v.1) e o que devemos fazer (v.2). (Os 10 mandamentos: proibições e ordens). O cristão não deve ser conhecido apenas pelo que não faz.

V.3 – O resultado da palavra – o fruto (o que Deus espera de nós e o que esperamos de Deus). Na estação própria (não algo imediato, fora do tempo). Existe um processo para que a árvore chegue à produção – firmeza
– raízes na palavra (busca água no subsolo) – nem a folha cai (esperança) – cuidado de Deus.

V.4 – O ímpio – sua estrutura – moinha: fragmentos miúdos de palha – sua instabilidade apesar da aparente firmeza. Ilustração: a eira.

O vento – provação que vai mostrar a estrutura de cada um. (casa sobre a rocha ou sobre a areia) (Mt.7).

V.5 – O juízo – definição final – separação final entre justos e ímpios.

Anísio Renato de Andrade
anisiorenato@ig.com.br

 
Tags