Created with Snap

Vida Cristã

Tudo novo

Nenhum Comentário

 

MATEUS 9.14-17

Ninguém põe remendo de pano novo em veste velha; porque o remendo
tira parte da veste, e ? ca maior a rotura. (Mt 9.16.)

Ninguém põe remendo de pano novo em roupa velha,
O Mestre respondeu aos fariseus, com relação aos ensinos seus,
E a vida nova em luz, que então propunha Jesus.
Não dá para caminhar com o fardo de pecado
No caminho alto e brilhante, que acena triunfante,
Para o homem que mudou de coração
Ao passar pela cruz, e tornar-se cristão.
É tudo novo. As coisas velhas já passaram.
Um novo povo. Seu passado já deixaram ao pé da cruz.
Absorvidos foram pelo Senhor Jesus
Todo o sofrimento, toda angústia e dor,
Todo o lamento foi tragado pelo amor.

As coisas velhas se dissolveram no perdão;
Se dissiparam ao retumbar a voz de trovão,
Que ecoou da cruz, dos lábios de Jesus:
“Está consumado! Tudo perdoado!”
A divina justiça foi satisfeita.
Tudo novo! Um novo povo!

Um nome novo, família nova,
Coração liberto do pecado e cativo pelo amor derramado do Calvário.
O ensino de Jesus não caberia nos velhos odres da lei. O amor demonstrado
no Calvário superou todos os pensamentos humanos quanto à salvação
de Deus. O caminho para o céu foi aberto. O véu do templo rasgou-se
de alto a baixo, no momento exato do brado ? nal do Senhor, entregando ao

Pai o seu espírito. Foi a consumação da nossa redenção para sempre!
Agora é entrar em novidade de vida, com o Espírito Santo a nos conduzir
à sala do trono do Pai para adoração e comunhão. Tornamo-nos nação
sacerdotal. Tudo é novo em Cristo.

Pai, em minha vida tudo se fez novo quando te dei meu coração.
Que os cânticos dos céus estejam em meus lábios, que o
óleo precioso da tua unção seja derramado desde a minha cabeça
até os pés, para assim te apresentar louvor perfeito. Amém.

 
Tags