Created with Snap

Vida Cristã

Cristão e Política: um bom governo promove a vida, e um mau a destrói

Nenhum Comentário
Foto: pixabay.com

Foto: pixabay.com

Recentemente, dois amigos venezuelanos me relataram sobre a situação que têm enfrentado em seu país: “Não conseguimos ver esperança. Não vemos a luz no fim do túnel. A oposição dialoga, mas não pode fazer mais do que isso. As pessoas estão morrendo de fome, não tem luz em casa, não há empregos. A primeira coisa que faço no dia é olhar como os preços mudaram da noite para o dia e se vamos ter como comprar as coisas para comer. As taxas de suicídio subiram drasticamente. Ou você foge do país ou se mata”.

Finalizei aquela conversa com meu coração despedaçado. A Venezuela vive tempos extremamente difíceis em decorrência de um governo cruel e opressor. Falta luz, comida, gasolina, água. Falta liberdade. Falta vida. Sobra violência, corrupção e morte.

Em Provérbios 28.16 diz que o  governante sem discernimento aumenta as opressões, mas os que odeiam o ganho desonesto prolongarão o seu governo.

O que vemos na Venezuela são as consequências dos atos de um governo injusto e corrupto. Tais consequências são tão duras que muitos venezuelanos têm tirado suas próprias vidas como uma forma de “escapar do problema”.

No Brasil, o suicídio também é um assunto que deve ser levado em consideração e tratado de forma séria. Um marco foi a aprovação da Lei 13.819, de abril de 2019, que institui a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio, com o fim de promover a saúde mental, prevenir a violência, abordar familiares, promover ações e sensibilizar a sociedade.

Outro passo importante para o fortalecimento da vida foi o lançamento na Câmara dos Deputados da Frente Parlamentar de Combate ao Suicídio e Automutilação, coordenada pelo deputado federal Lucas Gonzalez, cujo objetivo é contribuir para a redução do número de suicídios no Brasil e melhorar a interlocução entre os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário para pensar em políticas de promoção da vida.

Muitos passos têm sido dados para a valorização da vida no nosso país e para o reestabelecimento da justiça. “A ordem se mantém com um líder sábio e sensato”, é o que nos ensina Provérbios 28.2. Os benefícios de um governo justo são muito mais abrangentes do que apenas a organização do Estado e das políticas públicas. Nosso dia a dia é diretamente afetado pelas decisões dos nossos representantes, e por isso é extremamente importante que coloquemos homens justos e honestos nos altos palanques da nossa nação. Nossa escolha diz muito sobre o futuro que almejamos. Que Deus faça do Brasil um país cheio de vida e ajude nossos irmãos venezuelanos!

:: Alexia Duarte [Grupo de Ação Política – GAP]

  ibl_site